terça-feira, 25 de julho de 2017

Saudades de mim


Sim, eu agora descobri o motivo dessa minha tristeza: eu briguei comigo e fui embora, sem deixar sinal de vida.
Jamais poderia ter parado de escrever para eu mesmo ler e gostar, sem precisar retrucar um comentário bobo, exceto os meus.
Li o que eu escrevi há anos e vi que nada mudou, a vida parece que dá voltas para chegar ao mesmo lugar e

"it´s very short, and there's no time
For fussing and fighting, my friend".

E eu me incomodei e briguei, a toa..

Pagodinho, Lennon &McCartney são sábios

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

DIS


Estendeu um papel à minha frente e pediu que eu dissertasse sobre a figura de duas crianças se xingando.

Eu pensei:

- Quanto tempo ninguém me pede para escrever algo !

Eu escrevi sobre distorções. 

Eu gosto de palavras começadas com "dis":

disritmia
disrupção
dispepsia
disfarce
dissimulado
dissolução


Por isso eu gostei tanto de dissertar, se pedisse para eu escrever, talvez o papel ficasse em branco



terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Saudade

Saudade não é coisa que dá e passa; saudade fica e dói, dói muito.
Saudade não é uma estação depois de Barra Mansa; saudade fica dentro do peito da gente, latejando o tempo todo.
Saudade não mata a gente, morena; saudade tortura a gente, morena.

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

"schön"


Um dia desses eu vi como a distância não muda uma ligação. 
Num papo rápido (ou seria teclada), pois ela estava a assistir uma aula de Projetos, Juju me fala que na Espanha eles traduzem corretamente o famoso "project scope", pois usam alcance do projeto e não, como fazem os apedeutas de plantão do nosso lado do Atlântico, "escopo do projeto". Ou seja, a tradução burra e preguiçosa não colou e eles protegem o idioma de quem não sabe ler.
Como bem disse o Min. Luiz Fux, ao comentar a Lei da Ficha Limpa: " O escopo da lei é impedir a candidatura de quem tem antecedentes que desabonem". Eu imagino o povo do "escopo do projeto" ouvindo isso e falando que  Sua Excelência não sabe falar.
No mais ela está cada dia mais "schön" !

Depressão

Essa é a pior das batalhas: a batalha contra a depressão, ou  melhor, contra a chegada da depressão, pois se ela chega não tem mais volta.
Mas eu confesso que luto muito para virar esse jogo e sei que isso só depende de mim.
Tudo que eu queria era um trabalho digno, para poder terminar meus dias de cabeça em pé, um emprego como o que eu tinha carteira assinada e benefícios, nada demais.
Alguns me falam: Faz concurso !, mas não adianta, eu não tenho esse perfil de deixar o tempo passar e ficar esperando férias e licença-prêmio.
Mas pelo visto não vou ter outra saída e é isso que deprime e me destrói como ser humano pensante. Me tornar, como a maior parte deles, um ser humano medíocre, sem assunto, sem objetivos e sem porquê. Aliás, com objetivo sim, objetivo de tirar férias e pegar o "certo" no fim do mês, talvez eu seja mais feliz.
Chega uma hora que eu olho para meus livros e diplomas e penso:
- Vou jogar essas merdas fora, não me serviram de nada.

terça-feira, 11 de setembro de 2012

Pequenas emoções

Um dia especial: ver Juju pela webcam, ver aquele sorriso lindo como sempre e ver aquela risada mais gostosa do mundo, marca registrada desde que ela era um bebê (continua sendo rs).
Fico pensando no que seria de mim sem Skype ou o Hangout do Google+.
Até então apenas duas fotos, feitas pelos novos amigos.
Mais tarde as lágrimas rolaram num misto de orgulho, alegria e saudade.
Muito bom ser pai nessas horas.

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Distância virtual, realidade concreta

Hoje foi um dia especial, especial não. Especialíssimo.
Juju (ou seria Xuxu?) ligou às 05h30 para a mãe. Estava no mercado, fazendo compras e ligou para tirar dúvidas domésticas. 
Eu vibro com essas pequenas coisas, pois isso me dá certeza que ela progride a cada dia, exatamente como nós imaginamos que seria.
Por incrível que pareça saber que um filho depende cada vez menos de você, alivia o coração dos pais, pois a independência nos aproxima.
Eu não vejo a hora de poder ver fotos e uma imagem da webcam.
A distância virtual começa a se tornar uma realidade concreta

terça-feira, 28 de agosto de 2012

O abraço no vazio

Hoje eu entendi o que sinto: um abraço no vazio !
Tenho a nítida sensação de estar a abraçar o vácuo.

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Mãos dadas

Hoje bateu a saudade, acho que a ficha caiu.
Fiquei a lembrar do nosso hábito de caminhar de mãos dadas, mesmo que fosse para ir até o shopping aqui ao lado. Hábito que vem desde quando eu a levava para a creche e ela segurava o meu dedo indicador com aquela mãozinha fofa.
Os brazucas chegaram ontem e eu fiquei mais tranquilo, pois a solidão dela me incomodava.
Mesmo sendo a solidão uma boa oportunidade para reflexão e auto conhecimento, eu ficava incomodado; afinal ela estava sozinha e sem o dedo do "Dai" para segurar.

sábado, 25 de agosto de 2012

Quando o coração aperta

Chegou o fim de semana e aí vem a vontade de estar com o nosso eterno bebê e dar colo.
Sozinha em Vigo, os brazucas ainda não chegaram e o alojamento quase deserto por causa das férias de verão.
Nessas horas eu vejo o quanto sou frágil e quanto ela é forte, com as 5 horas de fuso nos separando é um alívio ser acordado pelo Skype (ah os milagres da eletrônica).
Sábado é dia de explorar o território, procurar aquilo que ela chama de sinal de vida civilizada: McDonalds e ver um pouco da vida local.
O Skype vai ficar on line o dia todo.

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Saudade não é tristeza - Faltam 363 dias

Todo mundo fala para eu não ficar triste, mas dos 398 sentimentos que eu tenho, o único ausente é a tristeza.
Saudade é normal e nada melhor do que o skype para fazê-la bem pequenininha.
Pelo skype eu soube que minha filha foi bem recebida e a Vigo é uma cidade pequena, pero hermosa.
Ou seja, está tudo bem. Até a saudade 

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Do - Data de início

Hoje começa a execução do, talvez, principal projeto de um filhote: o primeiro voo solo !
Se foi bem modelado (e eu tenho certeza que foi) vai ser um sucesso.
A despeito da apreensão dos pais, o filhote tem todas as ferramentas e competências para que esse primeiro voo solo seja o degrau inicial de uma escada que vai levá-lo bem alto, a lugares onde os pais nunca estiveram.
A missão dos pais é essa mesmo: ser o arco que vai fazer a flecha ir bem longe, muitas vezes a lugares que não podemos ver.

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Filhotes de pássaros

Nós deveríamos ser como os pássaros e não sentir essa angústia quando nossos filhotes alçassem voos longínquos. Afinal fomos nós que ensinamos os filhotes a voar, inclusive fazendo que suas asas ficassem cada vez mais fortes para que pudessem voar cada vez mais longe.
Nessas horas o orgulho se mistura com a saudade e sentimento de "deu certo" bate forte.
De todo modo é bom saber que o nosso filhote sempre volta ao ninho para matar a saudade e aumentar o orgulho

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

A partida é daqui a dois dias

Vossos filhos não são vossos filhos. 
São os filhos e as filhas da ânsia da vida por si mesma. 
Vêm através de vós, mas não de vós. 
E embora vivam convosco, não vos pertencem.
Podeis outorgar-lhes vosso amor, mas não vossos pensamentos,
Porque eles têm seus próprios pensamentos.
Podeis abrigar seus corpos, mas não suas almas;
Pois suas almas moram na mansão do amanhã,
Que vós não podeis visitar nem mesmo em sonho.
Podeis esforçar-vos por ser como eles, mas não procureis fazê-los como vós,
Porque a vida não anda para trás e não se demora com os dias passados. 
Vós sois os arcos dos quais vossos filhos são arremessados como flechas vivas.
O arqueiro mira o alvo na senda do infinito e vos estica com toda a sua força 
Para que suas flechas se projetem, rápidas e para longe.
Que vosso encurvamento na mão do arqueiro seja vossa alegria: 
Pois assim como ele ama a flecha que voa, 
Ama também o arco que permanece estável.

                                                                              Khalil Gibran Khalil

domingo, 13 de novembro de 2011

Si vis pacem, para bellum

Na minha time line do Twitter há muita gente de fora do RJ, a maior parte de alto nível. Até discordo de alguns, mas não há como não me render à inteligência deles. 
Muitos não entendem a lógica da ocupação dos morros e da instalação das UPPs. 
Como eu disse tem que morar na cidade para sentir os efeitos. O próprio secretário Beltrame já disse que é impossível acabar com tráfico enquanto houver usuários. 
A lógica da ocupação é tomar o terreno dos bandidos para permitir a entrada de serviços públicos. A operação da Rocinha foi batizada de "Choque de Paz" por causa disso. A exemplo do que houve aqui na Tijuca, onde eu moro, os efeitos de uma UPP começam a ser sentidos ao longo do tempo, aumenta a sensação de segurança, diminuem roubos e assaltos e os imóveis valorizam (o meu, por exemplo, valorizou rs). A bandidagem vai fugindo e sendo encurralada e presa em outros lugares, perdendo armas, poder financeiro e a "marra". Os heróis da garotada das favelas hoje são os soldados do BOpE e não os soldados do tráfico.
O Estado tem que mostrar a sua força bélica, pois "Si vis pacem, para bellum"

terça-feira, 18 de outubro de 2011

O PAN, A GLOBO E A FALTA DE SENSO CRÍTICO

Os estrategistas da Globo devem estar morrendo de de rir. Motivos? Dois:
1º - A cobertura da Record está abaixo da crítica, um horror. Parece a TV TUPI cobrindo os JJOO de Munique. O idiota narrando a prova de natação 800m fem, urrava mais que o Galvão e não via que equatoriana fazia todas as parciais melhores que a brasileira. Tome tempo mais baixo e o estúpido: vamos lá, em franca recuperação.
2º - Um monte de gente reclamando que a Globo não fala do Pan. Mentira, fala sim. Mas ninguém reclama que a CNT, a RedeTV e a Band também não falam. São fiéis espectadores da Vênus Platinada e não admitem isso.

O mais engraçado é o povo falar que a Record libera as imagens para Globo. Aquela merda de imagem da Record News? Mais engraçado ainda (na verdade seria mais estúpido ainda) é alguns dizerem saiam da Globo venham assistir o Pan na Record. Como se quem gostasse de esporte estivesse vendo os jogos por causa da emissora e não por causa do evento. Mais ou menos assim: se a Richard´s vendesse lingerie o cara ia usar por causa da loja?
Só falta postarem: o povo não é bobo, abaixo a Rede Globo.
PS - Quem perdeu a entrevista que o Cabo Anselmo deu ontem no Roda Viva  (TV Cultura), por causa do Pan ou do CQC, perdeu uma grande chance de entender um pouco mais da nossa história recente.

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Prá frente Brasil !


Pra Frente Brasil (Copa De 1970)

Noventa milhões em ação
Pra frente Brasil
Do meu coração
Todos juntos vamos
Pra frente Brasil
Salve a Seleção
De repente é aquela corrente pra frente
Parece que todo o Brasil deu a mão
Todos ligados na mesma emoção
Tudo é um só coração!
Todos juntos vamos
Pra frente Brasil, Brasil
Salve a Seleção
Em 1970, no auge da ditura militar, essa música fazia o maior sucesso. Comunistas eram torturados nos porões da ditadura e a Argentina era uma preocupação para o aparato de segurança. Havia o temor que "los hermanos" invadissem o RS, caso os "motoneros" virassem o jogo.

Por ironia 41 anos mais tarde uma ONG chamada "Prá Frente Brasil" , comandada por uma argentina filiada ao PCdoB põe alguns milhões em ação (será que foram os 90 da música?)

Médici deve estar se virando no túmulo, afinal quem ganhou a guerra?

domingo, 9 de outubro de 2011

Descrença

Chega uma hora que a gente pára para pensar e se pergunta: Qual é o motivo para isso tudo? Porque eu estudei tanto, trabalhei tanto? . Fiquei sem emprego e sem trabalho e, pior, sem perspectiva. O horizonte se estreita a cada a dia e a probabilidade de trabalhar apenas para pagar as contas se agiganta de modo inverso ao horizonte. Como eu sempre disse: vida que segue. Pode ser que eu esteja expiando um carma para não precisar voltar.

sexta-feira, 13 de maio de 2011

Pintado para a guerra !

Uma das idéias pregadas por Sun-Tzu é você mostrar sua força e estimular o adversário a desistir de brigar. Tem gente que não acredita, mas quando você ver um índio pintado para guerra, a menos que você seja muito forte é melhor mudar de caminho.
Tem gente que olha pra sua cara e não repara na pintura, acha que é bloco.

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Correr ou não correr..eis a questão

Essa dúvida me persegue há tempos: porque eu preciso correr, participar das provas no Aterro e outros lugares? O que, ou quem, eu estou desafiando?
Sempre que eu começava a "entrar" em forma para correr, isso quer dizer 10 km sem parar, alguma coisa me acontecia. Lesão na panturrilha, gripe forte, uma cirurgia de revascularização do miocárdio, uma epitaxe (asssim que os médicos chamam a hemorragia nasal) e outras coisas mais.
Comecei a avaliar o que eu estava desfiando. Tinha um objetivo muito claro: correr a meia maratona de Buenos Aires em setembro próximo.Quando eu me toquei que, na verdade, meu desejo era apenas voltar à Bue, veio o estalo: prá que eu preciso treinar e adaptar minha vida à rotina de treinos e regras de equipe (por falar nisso, eu gosto de todo mundo, mas tenho meus repentes de ermitão, de fazer tudo sozinho, sair apenas com a Monica e Juju)? Se caminhar já basta para minha saúde (valeu Dani) e eu posso fazer isso sem regras, sem compromisso com ninguém, ótimo, é isso que eu preciso.Se eu correr vai ser no máximo a volta no Maraca (antes que pense que eu escrevi errado: a crase nesse caso não se aplica). Saindo da minha casa, são 4 km. Isso basta. Preciso algo que me desafie e apenas correr 21 km não é desafio, não me motiva.

segunda-feira, 11 de abril de 2011

Sobre eu acho que.....

Dia desses rolou uma discussão sobre "achismo" no FB. Algumas pessoas teimam em achar isso e achar aquilo e esquecem que, como disse Noel Rosa, "quem muito acha já se perdeu".
Da minha parte eu ainda prefiro acreditar em avaliação de riscos e correlação de variáveis.
Se você resolver passar entre dois sujeitos que estão trocando tiros, a probabilidade de você ser atingido é diretamente proporcional à freqüência dos tiros. Você pode até passar e não ser atingido ou ser atingido e não morrer. Nesse caso alguns "achistas" vão dizer que não era a sua hora de morrer.
Essa conversa toda é porque eu sou um tricolor nato e hereditário e meu time ultimamente vem sempre indo pelo lado de menor probabilidade de acontecer. Alguns mais afoitos dizem que "ele contraria a matemática", coisa que ninguém até hoje fez, pois ela é "incontrariável". Bem, temos 8% de probabilidade na Libertadores. Se eu jogo na megassena, cuja probabilidade é infinitamente menor, alguém me dá um motivo para não acreditar no Fluzão?

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

O LULISMO E O DUPLIPENSAR

Me impressiona a semelhança dos atuais detentores do poder com a obra de George Orwell. O duplipensar é uma constante em nossos tempos. Quem antes era ladrão e corrupto hoje é "companheiro". O que era herança maldita de um pretenso neo-liberalismo, hoje é um instrumento que salva um banco comprado (em parte)  na ânsia de fazer o estado cada vez maior. Pior confundem ser de direita com apenas cobrar eficiência e eficácia na gestão da coisa pública. Isso chama-se cidadania.
Ser de direita é defender uma carga tributária menor, um endividamento menor que 41% do PIB, a privatização da Petrobrás, do BB e da CEF.
Falta ao defensores cegos do lulismo (sim lulismo, pois o petismo era burro, mas honesto) ler mais, ao contrário do seu guia e mentor. Se fizessem isso iam se surpreender com a semelhança da ditadura militar com governo lulista. Se tiverem disposição a obra do Élio Gaspari está nas livrarias. São 4 volumes.
Que fique bem claro: ser de direita não significa compactuar e nem admirar ditaduras. São todas nojentas, não importa a sua direção.

domingo, 31 de outubro de 2010

O PODER E A SAÚDE: O CASO KIRCHNER!

O texto abaixo foi extraído do blog do César Maia. Como corri os riscos que o falecido correu (não gente, eu nunca pensei em comer a Cristina K. e nem quis ser presidente dos hermanos) considerei interessante divulgar o texto.


O PODER E A SAÚDE: O CASO KIRCHNER!

Nelson Castro, jornalista e médico autor do livro "Enfermos de Poder" - Clarín (28).

1. El fallecimiento de Néstor Kirchner fue la crónica de una muerte anunciada. Porque efectivamente, el conocimiento del caso de Kirchner (que yo lo tenía con todo detalle) permitía evaluar lo siguiente: primero, la gravedad de la afección arterial que él tenía y segundo, los riesgos a los que cuales el ex presidente se exponía como consecuencia de su modo de vida.

2. El principal problema de Néstor Kirchner no era si hacía ejercicio, su régimen de comida,( que lo cuidaba), pero si la forma como él enfrentaba las situaciones de tensión. Y el stress era el riesgo más importante que pesó en su vida y sobre esto, él no hizo nada para cambiar su conducta produciendo el final que era previsible.

3. ¿Qué moraleja deja esto? De los presidentes que ejercieron el poder desde el momento en que Argentina recuperó la democracia en 1983, nada menos que tres, sufrieron episodios cerebro-vasculares que pusieron en peligro su vida: Carlos Menem, Fernando De la Rúa y Kirchner. Esto es una demostración muy clara del efecto de deterioro que el ejercicio del poder tiene sobre la salud de las personas, la vulnerabilidad que la persona tiene frente al poder y sobre el peso político que la salud de quien está en el poder tiene. Es una lección que debería aprender la dirigencia política argentina y es una realidad que como sociedad no podemos ignorar.

sábado, 30 de outubro de 2010

Mulheres da e na minha vida

Mulheres sempre tiveram um  lugar nas horas marcantes da minha vida..
Marina, me alfabetizou. Shirlei me ensinou a gostar de Matemática. Nair foi minha primeira coordenadora de estágio. Bárbara foi minha primeira "chefa" depois da graduação. Leninha me arrumou um emprego numa hora difícil..e assim vida que segue.. Essas foram as mulheres na minha vida..
As mulheres da minha vida são as três da foto..pena que uma delas não esteja mais entre nós ..pena né Mãe ? Missão dada é missão cumprida..

terça-feira, 26 de outubro de 2010

O iogurte e o presidente

Sábado passado (23/10) rolou o maior barraco no Shopping Tijuca por causa de uma calda para iogurte que custa R$1,00. A atendente recusou-se a trocar a calda diet que a criança não gostou, a mãe enfurecida jogou o iogurte no lixo e o pai, mais enfurecido ainda, pegou o iogurte no lixo e jogou na atendente. Como havia calda de morangos, a "turba enfurecida" concluiu que o vermelho fosse sangue e partiu para o linchamento. Resultado: loja fechada por duas horas, polícia para deter o idiota e ação penal rolando. Faltou à atendente treinamento para saber que agradar o cliente é missão de qualquer empresa (a loja fechada por duas horas custou mais do que R$ 1,00). Faltou aos pais da criança educação para, ao invés de bater boca com a atendente, dirigirem-se ao SAC do Shopping e registrar uma reclamação (o SAC do Shopping Tijuca funciona, já pude comprovar). Nada justifica, nem mesmo a burrice da atendente, a agressão feita pelo pai. Um erro não justifica o outro.
Mas o que tem a ver o iogurte com o presidente?
Nunca antes nesse país um presidente da república (em caixa baixa mesmo; homenagem à estatura moral dele) justificou tanto os seus erros com os erros cometidos pelas gestões passadas. Se o mensalão do PT começou com o PSDB mineiro, então ele é perfeitamente justificável.

sábado, 23 de outubro de 2010

Cateribúnticos: Saudades

Cateribúnticos: Saudades

Saudades

Dia desses a Raquel me perguntou se eu tinha abandonado o blog e que estava com saudade (ou seria "saudades"?). A última vez que eu postei o Arruda ainda estava preso "por causo" do mensalão candango.
Talvez minha indignação tenha ficado crônica e os fatos já não fazem mais efeito. Talvez ela tenha virado raiva, mas raiva mesmo, bem diferente da "reiva" romântica de Adoniran Barbosa.
O mais engraçado nisso tudo é que eu não li uma linha sequer de acusações à mídia na época do mensalão candango. Ou seja a imprensa estava cumprindo o seu dever de informar à sociedade que um governador do DEM tinha sido pego com a boca na botija.
Se ele fosse Ministro Chefe da Casa Civil ia ser "futrica"....

Arnesto nos convidô
P´rum samba
Ele mora no Brás
Nós fumo e num incontremo ninguém
Nós fiquemo cuma baita de uma reiva
Da otra vez nós num vai mais
Nós num semo tatu !

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

O que que eu vou dizer em casa ?

Tempos idos, quando os direitos fundamentais eram peça de ficção e o Chave de Ouro¹ era proibido de desfilar, os cidadãos presos durante o Carnaval só conseguiam a liberdade na Quarta-Feira de Cinzas, após o meio-dia. O plantão do Judiciário não existia, Suas Excelências só voltavam ao batente depois de Momo,e as delegacias funcionavam em esquema de plantão até às benditas doze horas da Quarta-Feira, quando os presos eram soltos.Dada a inexistência de preocupação com com privacidade naquela época, havia uma aglomeração nas portas das delegacias mais importantes para acompanhar a saída dos presos, todos juntos como se fosse um bloco. A gaiatice carioca chamava esse bloco de " O que que eu vou dizer em casa". Imaginem a cena: numa Quarta-feira de Cinzas, quando o Carnaval tinha acabado, um monte de presos saindo da delegacia (alguns e algumas ainda fantasiados) e a galera do outro lado da rua cantando marchinhas de Carnaval, jogando piadinhas.
Será que vai acontecer o mesmo com o Arruda??
¹Aos não cariocas: Chave de Ouro era um bloco que saía às 4as. feiras de Cinzas, no subúrbio carioca do Engenho de Dentro, em frente a uma padaria de mesmo nome. O Cardeal do RJ chiava contra essa "blasfêmia", a polícia apoiava o Cardeal e o bloco era dissolvido com gás lacrimogênio e cassetete. Quando as autoridades passaram a dar a devida importância às opiniões religiosas, o bloco foi liberado, a polícia passou a controlar o trânsito para o bloco desfilar e o bloco perdeu a graça. Hoje só resta a padaria e nem se ouve mais falar do Chave de Ouro.
Mais sobre o Chave de Ouro em http://tinyurl.com/yh7wjk5

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Cidadania

Hoje no Metrô eu presenciei uma aula de cidadania. Uma senhora de uns 80 anos, acompanhada da filha, entrou no vagão e sentou-se em um lugar comum. Ao notar que os lugares destinados aos idosos estavam desocupados, levantou-se e foi ocupar um dos lugares preferenciais para idosos, gestantes e PNE.
A filha falou algo e ela deu a seguinte resposta:
- Se há um lugar a reservado para mim, o certo é eu usar o lugar e deixar que outros usem o lugar normal.
A filha ficou meio com cara de idiota..
Achei fantástico

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Sou tricolor de coração

Como diria Nelson Rodrigues, sou um tricolor nato e hereditário (minha filha também é e tudo indica que meus netos também o serão) e em momento algum questionei a probabilidade de estarmos em 2010 a disputar a Segundona. Números não mentem jamais.
Antes do jogo com o Atlético-MG precisávamos ganhar 19 de 21 pontos, um aproveitamento de 90,5%.
Considerando que cada resultado tem a probabilidade de um terço, estávamos na seguinte situação: em sete jogos um terço (vitória) era a nosso favor e em um único jogo, dois terços (vitória ou empate). A probabilidade de isso acontecer é de 0,03 %, ou seja: meu Amado Tricolor tinha 99,7% de probabilidade de jogar com o Icasa em 2010. Eu confesso que entreguei os pontos antes disso quando o fanfarrão foi contratado para ser técnico e em seguida veio o Roni. Porém no dia do jogo contra o Palmeiras eu e minha filha lembramos da camisa verde da Libertadores e da cadeira azul do Gol do Dodô, a paixão falou mais alto e fomos a todos os jogos, afinal eu jogo na mega-sena onde a probabilidade de ganhar é infinitamente menor.
Esse "post" é um desagravo àqueles que apenas mostram os números e devem ser respeitados. Abraços Oswald e Tristão.

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Fogueteiros digitais

Eu sempre pergunto que diferença há entre essa galera que usa o Twitter para avisar das blitzen feitas pelas autoridades legalmente constituídas e os fogueteiros pontos de venda de drogas.
No meu parco entendimento jurídico nenhuma diferença, ambos avisam aos infratores que a obediência às leis será fiscalizada. Talvez uma pequena diferença: os fogueteiros moram nos morros e a galerinha da #BOLS e quetais mora no asfalto, não se arrisca a ser esculachada e muitos menos a tomar tiro.
Se você piscar farol na estrada para avisar que há fiscalização em andamento, é autuado, paga multa e ganha uns pontinhos de presente na CNH. Poderia ser feito o mesmo com a galera da #BOLS, @leiseca e outros. Mas há um pequeno entrave: eles, com raras exceções, são covardes e se escondem atrás de avatares e perfis falsos. Além de covardes são hipócritas, pois jogam uma tintura de utilidade pública na sua única intenção: poder beber e dirigir.

Não faça do seu filho uma arma: a vítima vai ser ele !

O americano David Goldman ficou feliz com a decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, que suspendeu nesta terça-feira (22) a liminar que garantia permanência do garoto Sean, de 9 anos no Brasil.
Domingo passado presenciei um das cenas mais chocantes da minha vida: um resgate de uma criança da casa do pai. Isso mesmo: era um resgate. Tinha ido, com minha filha, visitar meu pai e ao chegar na portaria me deparei com dois policiais militares armados de fuzil. Parei e fiquei pensando no que fazer até conseguir entender o que estava se passando: junto com os policiais estava um oficial de justiça. O garoto abraçado ao pai, tentava falar com a mãe, que demonstrava claramente sua impaciência. O pior de tudo foi a madrinha perua chegando no meio da cena e falando aos berros com o garoto:
- XYZ olha aqui a dindinha chegou.
Tava na cara que a perua foi lá para ajudar a constranger o pai, que a essa altura dos acontecimentos era o inimigo a ser derrotado.
Doeu meu coração ver aquela pobre criança naquela situação. Ainda sinto tristeza por ela, pois não sei quem era o culpado. Sei que era ela a única vítima

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

G20 e o PROER

A turminha do G20, essa mesma que cai de pau no Governo de Honduras e aplaude Mugabe e Khadafi, resolveu copiar algumas normas do nosso famigerado sistema bancário.
O Comitê de Supervisão Bancária de Basileia determina que os bancos mantenham reservas de capital equivalentes a pelo menos 8% dos seus ativos. 


O nosso sistema bancário obedece a normas mais rigorosas do que essas previstas: os bancos no país são obrigados a manter uma reserva de capital equivalente a 11% de seus ativos.


Daqui a pouco vem o Lula dizer que isso é obra do governo dele

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Sexo no Metrô

O momento em que estamos juntos é interminável...
Nossos corpos estão tão unidos que posso sentir as batidas do seu coração.
Nossa respiração confunde-se com a do outro...
Nossos movimentos são sincronizados...
Indo e voltando... para frente e para trás...
Às vezes pára, e então, quando nos cansamos da mesma posição, nos esforçamos para mudar, mesmo que seja só por pouco tempo.
O suor de nossos corpos começa a fluir sem nada que possamos fazer. Um calor enorme parece que nos fará desmaiar...
Uma força ainda maior nos faz ficar ainda mais colados um ao outro e, quando não agüentamos mais segurar...
Uma voz ecoa em nossos ouvidos:

"Estação Estácio, estação de transferência para a linha 2, desembarque pelo lado direito." 

Crise de Identidade !

Posted by Picasa

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Um cara genial

Você descobre que tem cara de pobre quando aquele sujeito da financeira, que fica no meio da rua, oferece empréstimo assim que você passa.


By Roberto Vilhena, ou Júnior , um amigo genial !

Dúvidas e certezas

Eu tinha dúvidas quanto à necessidade de existir um poder legislativo.
Passei a ter uma certeza: do jeito que é, não é necessário existir.
Ontem eu ouvi (ao vivo )  um deputado falar que o legislativo não pode se limitar a elaborar leis e a fiscalizar o executivo. O que mais tem que fazer? Dar dentadura? Dinheiro para enterro? Emprego para parentes e amigos?
Desse jeito não há convicção democrática que aguente

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Negócios suspeitos"

"LIBÉRATION": DONO DA "DASSAULT AVIATION" É TAMBÉM DONO DO "LE FIGARO"!

(BBC, 08/09) O acordo entre França e Brasil também foi destaque no jornal francês Libération, segundo o qual, trata-se de um "bilhete premiado" para a indústria bélica francesa, que atualmente atravessa uma crise. O diário informa que os aviões Rafale, que o Brasil deve importar, serão vendidos "nus", o que deve obrigar o país a comprar também da França os armamentos que vão equipar as aeronaves. O Libération diz ainda que, sem o mercado brasileiro, a fabricante do Rafale, a Dessault Aviation, poderia fechar. "Desde sua chegada ao poder, Nicolas Sarkozy se dedica a dar a Serge Dessault, o grande patrão da empresa e também do jornal Le Figaro, um lugar central no jogo industrial francês", comenta o diário de oposição.



Eu vi (e vivi) esse filme quando implantaram os Cindactas com tecnologia francesa ultrapassada, porém, naquela época, o chefe era um general de 4 estrelas e a FAB entubou. Rendeu até condecoração para embaixadores e ministros.
Dessa vez a coisa mudou, a FAB já mandou o recado pelo Ministro da Defesa

domingo, 6 de setembro de 2009

Domingo !

5 km, depois de um longo e tenebroso inverno aeróbio.
É sempre aquela sensação que não vai terminar nunca, começa com dor nas pernas e fôlego acabando, o Polar começa a apitar avisando que meu ritmo cardíaco passou dos limites..
Aí chega a aguinha milagrosa com logomarca da CEDAE, eu começo a controlar meus batimentos, acenar para os conhecidos que passam voando ao meu lado.
De repente, quando estava ficando bom, o percurso acaba..
Parece namoro de adolescente: a gente fica louco para fazer de novo e quer que dure mais.
O bem estar do resto dia é insuperável..
Acho que esse é o segredo dos maratonistas.
Ano que vem eu chego lá

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Amores inexplicáveis

Um dia eu vou deixar de ser engenheiro para escrever sobre isso. Sobre esses amores que a gente vê, mas não consegue entender como fulano (a) foi gostar de beltrana(o).
Opostos se atraem? A distância acende ou apaga? E agora com a distância sendo algo virtual?
Uma carta de amor do meu avô para minha avó poderia não ter chegado, mas agora o amor pode estar na distância de um clique mouse, com som e imagem.
Dá até para simular o relacionamento antes de concretizar..
Pós moderno?
Sei lá

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

MUDOU MUITO !

Quando o Brizolla chamou o Lulla de "filhote da ditadura" eu achei engraçado, mas o Briza tava certo !
A falta de caráter e a desfaçatez desse "sidadão" envergonham o mais cínico dos caras de pau.
Ele mente, diz que era outro contexto, e continua descaradamente a mentir.
Acho que ele nunca pensou que um dia fossem existir a Internet, o YouTube e essa facilidade para gravar o que ele fala.
As pernas da mentira ficaram mais curtas do que honestidade dele

CONFÚCIO (551-479 aC): COMO SER UM BOM ADMINISTRADOR!


Respeitar cinco qualidades e repelir as quatro nocivas

1. As cinco qualidades: O homem superior é gentil sem aceitar subornos. \ Ele trabalha ao lado do povo sem dar motivos para ressentimento. \ Ele tem ambições, mas não é avarento. \ Ele tem dignidade, mas sem o orgulho indevido. \ Ele inspira o respeito, mas não é cruel.

2. Ou de outra forma: - Trabalhar para bem-estar do povo \ Dar trabalho certo para a pessoa certa. \ Um homem quando alcança tudo aquilo que é capaz, não será ganancioso. \ O homem superior sempre cumpre suas tarefas, independente da dificuldade e assim nunca é indolente. Isso é dignidade sem orgulho. \ O homem superior cuida da sua aparência. Usa suas roupas de maneira apropriada e trata os outros com respeito. E graças à sua conduta sóbria, as pessoas têm grande consideração por ele. Nesse aspecto ele inspira respeito sem ser cruel.

3. As quatro nocivas. - Condenar um homem porque ele falhou em sua tarefa sem ter recebido instruções corretas. Isso é crueldade \ Esperar que um homem faça alguma coisa sem ser devidamente avisado. Isso é um desmando. \ Insistir que um homem se apresse para terminar seu trabalho quando recebeu instruções para realizá-lo meticulosamente. Isso é danoso. \ Prometer uma recompensa e depois concedê-la de má vontade. Isso é mesquinharia.

domingo, 26 de julho de 2009

Salim Malek, o Zé Pequeno de Mubai

Sábado o DVD apareceu lá em casa. Eu tinha emprestado dois shows pro Chicão e ele quando veio devolver, ofereceu o ganhador do Oscar: Quem que ser um milionário !
Realmente temos muita coisa em comum com a Índia: pobreza, favela, programa de TV vendendo sonhos, polícia esculachando gente do bem. Termina com um happy end, mas o enredo é sensacional. O que me chamou atenção foi a semelhança com o nosso Cidade de Deus. Tem o cara do bem e o cara do mal. Salim Malek, irmão do Malek do bem, passa o filme todo pegando pesado. O Malek do bem, ganha o prêmio e fica com a mocinha; o Salim Malek pega em arma, mata inimigos, esculacha o próprio irmão e morre no fim.
Igualzinho ao Zé Pequeno.

Será que voltei ?

Hoje foi dia de Adidas Inverno, fui só para dar apoio (água, fotos e incentivo).
Depois de dois meses comecei a recuperação, 3 km em meia horinha de caminhada. Dessa vez vou seguir rigorosamente a prescrição médica e pôr um freio na minha ansiedade.
Aprendi muito nesse tempinho parado. Primeiro: ser disciplinado; segundo: só escutar quem tem habilitação (isso vale para qualquer ramo do conhecimento); terceiro: o tempo passa, não há como segurar.
Os músculos e tendões da minha panturrilha agradecem penhorados !

sábado, 25 de julho de 2009

Para refletir !

Kaká
Cristão fervoroso, casou-se virgem com Caroline sob orientação do JC.
Resultado: Segundo Caroline, foi por isso que Deus arrumou € 65 milhões para o Real Madrid contratá-lo. Foi recebido por 40 mil torcedores em sua apresentação.

Cristiano Ronaldo
O gajo tá solto, tá na vida, fazendo a rapa sem dó nas maiores gostosas da Europa.
Resultado: Deus arrumou € 94 milhões pro Real contratá-lo além de ser recebido por mais de 80 mil torcedores.

terça-feira, 30 de junho de 2009

DESSA VEZ VAI !


Na véspera da final da Libertadores deram uma camisa para aquele pé-frio infeliz, que eu nem gosto de falar o nome, mas parece que dessa vez o Fred acertou ! Tomara que espante a uruca que aquele populista idiota largou nas Laranjeiras.

É a democracia estúpido !

“Nós não podemos aceitar ou reconhecer qualquer outro governo que não seja o presidente Zelaya (...) não podemos aceitar que alguém veja alguma saída para o seu país fora da democracia, fora da eleição livre e direta. Portanto, ele deve retornar à Presidência. É a única condição para que a gente possa estabelecer relações com Honduras”, disse Lula.

OBA ! Vamos ter eleições livres e democráticas em Cuba ! ! !

segunda-feira, 29 de junho de 2009

Momento Manguaça Cultural

"Antigamente, no Brasil, para se ter melado, os escravos colocavam o caldo da cana-de-açúcar em um tacho e levavam ao fogo. Não podiam parar de mexer até que uma consistência cremosa surgisse. Porém um dia, cansados de tanto mexer e com serviços ainda por terminar, os escravos simplesmente pararam e o melado desandou.
O que fazer agora?
A saída que encontraram foi guardar o melado longe das vistas do feitor.
No dia seguinte, encontraram o melado azedo fermentado. Não pensaram duas vezes misturaram o tal melado azedo com o novo e levaram os dois ao fogo.
Resultado: o "azedo" do melado antigo era álcool que aos poucos foi evaporando e formou no teto do engenho umas goteiras que pingavam constantemente.
Era a cachaça já formada que pingava. Daí o nome "PINGA".
Quando a pinga batia nas suas costas marcadas com as chibatadas dos feitores ardia muito, por isso deram o nome de "ÁGUA-ARDENTE".
Caindo em seus rostos escorrendo até a boca, os escravos perceberam que,com a tal goteira, ficavam alegres e com vontade de dançar. E sempre que queriam ficar alegres repetiam o processo."

(História contada no Museu do Homem do Nordeste ).


Não basta beber, tem que conhecer!

sábado, 20 de junho de 2009

PROJETOS

Que motivos levam qualquer idiota a chamar uma lista de atividades de projeto?
Será uma esquizofrenia corporativa minha, ter essa visão crítica?
A última que eu ouvi foi: ROI de treinamento. Eu nem discuti, só perguntei como iam medir o fluxo de caixa, para saber se o investimento na aplicação do treinamento ia dar o retorno esperado. Recebi um misto de tela azul com cara de paisagem como resposta.
Eu não aguento mais o gerundismo, a mania de falar que tudo é projeto. Custa estudar???
Por falar nisso: perdi meu livro de modelagem de projetos.
Se alguém achar, por favor, devolva.

sábado, 13 de junho de 2009

Petrobrás

Dia desses na lista de discussão do KMGroup (aliás, ali discute-se tudo, menos gestão do conhecimento. Vou prop0r mudar o nome da lista para gestação do conhecimento) surgiu o assunto blog da Petrobrás. Muito curioso:a impressão que eu tenho foi que a empresa atirou no viu e acertou no que não viu. Como tudo que vem desse petismo arrogante, a intenção óbvia era intimidar a imprensa, ou ao menos amenizar o viés opositor. Porém sem querer eles produziram uma pequena revolução. Nunca mais nesse país teremos donos da informação, jornalistas amigos e coisas do gênero. A prova dos nove vai ser quando alguém mandar uma pergunta cabeluda, quero ver se a resposta vai ser pública ou nõa vai ter resposta. Ou melhor: quando as peguntas forem divulgadas antes de serem enviadas para a Petrobrás, como será a resposta?

sábado, 30 de maio de 2009

Proposta Indecente

Tem gente que não tem noção do que fala. Ou então não para para pensar antes de fazer uma proposta.
Recebi uma proposta essa semana que não sei se considero uma proposta ou uma ofensa. Pior: foi posta na mesa como um desafio.
Se ainda fosse de 1 milhão de dólares, mesmo com a cotação baixa, ia ser muito bom, mas não era.

sexta-feira, 29 de maio de 2009

Ouvido por aí

Aconteceu na emergência de um hospital essa semana de madrugada.
Chegaram a mãe e seu filho pré-adolescente, estilo galinho da campina.
O médico fez as perguntas de praxe:
- Tem alergia a alguma medicação?
- Dotô eu tenho alergia a injeção
A mãe entra em cena e começa a falar que o filho não tem alergia a nada e começa uma discussão mãe-filho.
O médico, pacientemente, começa a relacionar  para os dois uma série de medicamentos e mãe manda a pérola:
- Mas dotô, o médico é o senhor, o senhor tem que saber essas coisas
- Minha senhora eu sou apenas médico e não tenho bola de cristal....
gargalhada geral....

sábado, 23 de maio de 2009

quarta-feira, 6 de maio de 2009

Ano novo, vida nova



Não foi promessa de Ano Novo, mas dia 5 de janeiro eu comecei a frequentar uma academia com 101,80 kg .. rs (veja a foto da esquerda)

4 meses depois e 10 kg a menos eu me viciei em endorfina, aquele barato que dá depois de uma corrida. (veja a foto da direita)

1º de maio foi minha estréia de 5 km, do Leblon até Copa (Othon) vendo o mar e a recepção feita para a Comissão do COI. Um dia perfeito, um lindo céu azul e eu correndo.. Muito bom mesmo

Se você acha que nunca será capaz de correr 2 km, engana-se. Basta começar

Acho que agora nem a Rebecca vai discordar

Quem quiser ler as façanhas.....

quinta-feira, 23 de abril de 2009

Os caras acham que é sacanagem, mas.....


23/04/09 - 18h39 - Atualizado em 23/04/09 - 18h39

FOTO: Presidente Lula ganha camisa do Boca Juniors na Argentina

Cristina Kirchner presenteia brasileiro com uniforme autografado

23/04/09 - 22h20 - Atualizado em 23/04/09 - 22h36

Boca Juniors perde invencibilidade diante do Deportivo Cuenca, no Equador

domingo, 15 de fevereiro de 2009

O PMDB é corrupto

Apesar dos pesares nós ainda temos alguns políticos sérios. A maior parte deles vêm do velho MDB, que queria apenas encerrar a ditadura militar de direita e não substituí-la por uma ditadura militar de esquerda.
Muitos deles (Itamar Franco, Pedro Simon e outros) até hoje estão aí para dar exemplo às Idelis Salvattis da vida (nada me incomoda mais quando ela, estupidamente, substitui o como por enquanto).
Essa entrevista do Jarbas Vasconcelos é lapidar, vale a pena ler. Veja em:
Boa leitura !

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

EU JÁ SABIA !


09/02/09 - 15h54 - Atualizado em 09/02/09 - 16h10
Felipão lamenta demissão precoce e diz que continuará morando em Londres
Em nota oficial, técnico agradece pelos sete meses que passou no Chelsea
Eu postei (02jan2009) a foto do Felipão dando a camisa do Chelsea para o Lula

sábado, 31 de janeiro de 2009

Da série ouvido pelaí ...rs

- Dotô, Dotô  tá bom eu faço por 10, a PM tá prendendo e eu quero dormir em casa..
Cambista desesperado no Maracanã, ao ver recusada uma venda de entrada por R$ 15

sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Esquizofrenia paranóide corporativa

Há momentos que eu fico a pensar se padeço dessa patologia. 
Segundo o Aulette, a esquizofrenia paranóide é aquela que se manifesta em alucinações delirantes (mania de grandeza, de perseguição),  mas sem alteração permanente do comportamento afetivo ou intelectual.
É muito duro trabalhar seriamente, estar sempre atento aos gastos, dar o melhor de si e não ver seus esforços reconhecidos. Pior que isso é ver os méritos de tudo que você faz serem atribuídos a outrem.
Se eu tenho mania de grandeza e acho que sou muito bom, ou tenho mania de perseguição e não consigo ver o quanto me valorizam e, mesmo assim, não altero meu comportamento profissional, eu sou um esquizofrênico paranóide corporativo.
Se alguém puder me indicar um remédio para minha patologia, agradeço

terça-feira, 6 de janeiro de 2009

domingo, 4 de janeiro de 2009

Como sumir no mundo digital

Fui ver Rede de Mentiras antes do Natal e, logo no começo do filme, um personagem manda bem:
- Se você quiser se esconder de algum no mundo atual basta não ter e-mail nem telefone celular !
Não por acaso o filme tratava da guerra USA x Terroristas Islâmicos. A história só tem desfecho favorável aos americanos graças ao chefe do serviço secreto de um país árabe. O cara simplesmente usou táticas antiquadas (para os padrões da CIA) contra um inimigo que desprezava a tecnologia.
A cena em que os terroristas iludem o satélite espião americano com uma nuvem de poeira provocada por seis carros é um show !

E você? Viveria sem e-mail e sem telefone celular?

sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

Eu já sabia


PUBLICADA EM 1/1/2009 ÀS 15:41

Para zagueiro, falta sorte a Felipão no Chelsea

Ricardo Carvalho aposta no sucesso do treinador brasileiro em 2009

AGÊNCIA EFEO zagueiro Ricardo Carvalho, do Chelsea, deu sua opinião sobre o que falta para o técnico Luiz Felipe Scolari no clube: sorte. A equipe teve um bom início de temporada, mas caiu de produção e vem perdendo diversas oportunidades de voltar à liderança do Campeonato Inglês.

quinta-feira, 1 de janeiro de 2009

A escola na sociedade do conhecimento

Segundo o pedagogo italiano Francesco Tonucci, a principal missão da escola não é ensinar coisas, pois isso a internet e a TV fazem melhor.
Tonucci afirma que a nova missão da escola é ser um lugar onde as crianças aprendam a utilizar novas tecnologias, se ensine método de trabalo e investigação científica, se fomente o conhecimento crítico e se aprenda a cooperar e trabalhar em equipe.
Eu ouvi muito isso no MBKM do CRIE.
Entrevista na íntegra em:
http://www.lanacion.com.ar/nota.asp?nota_id=1085047

Vale a pena dar uma olhada

Numerologia

Numerologia funciona? Sim, funciona.
Uma aplicação da numerologia ao futebol prova isso.
No Brasileirão 2009, o São Paulo jogará (ou vai estar jogando??) 24 das 38 partidas em São Paulo. Ou seja, se aplicarmos a média de aproveitamento de 2008, o São Paulo deve ganhar 80% desses 72 pontos (72=24x3), o que equivale a 57 pontos, 18 pontos a menos que os 75 que ele fez para ser campeão em 2008.
Resumindo: basta ganhar 6 jogos nos outros estados e a chance de correr para o abraço fica absurdamente grande.
A numerologia mostra o São Paulo novamente campeão brasileiro em 2009.
Simples né?

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

ANO NOVO

Eu acho engraçado isso de comemorar o Ano Novo.
Alguém já parou para pensar que, a menos que você acerte a mega-sena ou conheça o amor da sua vida no no dia 31, o 1º de janeiro vai ser igualzinho ao 31 de dezembro?
Uma vez eu fiz um teste: para horror dos supersticiosos usei uma roupa velha, preta e usada um dia antes. Sabe o que aconteceu? A mesma coisa que aconteceu nos anos anteriores: absolutamente nada. 
A despeito disso tudo houve dois janeiros que mudaram a minha vida: aquele em que eu comecei a namorar/casar com a Monica e aquele janeiro de 1990 quando nasceu a Juju. E eu nem sei se comi lentilha ou pernil, se vesti roupa nova ou roupa velha.
Tô começando a achar Festa de Reveillon um porre. Tô precisando acertar a mega-sena para minha vida mudar em janeiro.

quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Lido por aí

"Essa crise dos mercados é pior que o divórcio: perdi 50% de tudo que eu tinha e minha mulher continua lá em casa"
Créditos: Jorge Pardal.

sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Santa Catarina - Exemplo para o Brasil.

Pobre nunca tem nada, mas na primeira enchente fala que perdeu tudo e o governo tem que ajudar.
Hoje no JN uma comerciante de Blumenau deu uma entrevista que devia ser gravada e passada em todas as escolas. Ela disse algo assim:
- Agora é trabalhar, trabalhar e trabalhar. É só isso que nós sabemos fazer !
Isso enquanto tirava lama de dentro de sua loja, que ficou com água até quase o teto. Em momento algum ela pediu ajuda, doação ou coisa parecida.
Ela perdeu tudo, menos a dignidade e a força para começar de novo.
Em outras regiões do Brasil o que se veria era um monte de gente com criança chorando nos braços, exigindo ajuda do governo.
Eu sempre achei que a pior pobreza é a do espírito. Hoje eu passei a ter certeza, pois não há governo que dê vergonha na cara para o seu povo.

Moça catarinense você não me conhece, mas tem minha adimiração.

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

A crise atravessou o Atlântico


Copa dos Campeões

Quarta, 26 de novembro de 2008, 22h55  Atualizada às 00h41

Felipão não esconde irritação com empate do Chelsea

Se o Chelsea perder a vaga em casa, contra o Cluj da Romênia, não vai ser por falta de aviso..

terça-feira, 25 de novembro de 2008

Pequenos golpes da mulher amada

Todo mundo sabe que eu sou apaixonado pela minha mulher, mas sempre caio naquilo que chamo de pequenos golpes. Ese mês foram dois.

Primeiro um convite para ver um filme com Meryl Streep e Pierce Brosnan. Pensei deve ser um filmaço.. Santa ingenuidade Batman !... era Mamma Mia...pelo menos consegui dormir duas horinhas

Sexta passada ela me levou à dermatologista, só para ver um sinal que causava certo incômodo (nela..rs). 40 minutos e 30 cauterizações depois, parecia que tinha feito barba com um porco-espinho.. rsrs

O que não se faz pela mulher amada né?

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Se eu tivesse cabelos ....

Segundo o presidente do Sindicato das Entidades Mantenedoras de Estabelecimentos de Ensino Superior do Estado de São Paulo (Semesp), Hermes Ferreira Figueiredo, "é melhor para a sociedade uma escola razoável do que uma boate de excelente nível".
São duas perguntas:
1ª - Se o som da boate estiver ruim ou nela só trabalharem "primas" meio-caídas, qual é o impacto disso tudo na sociedade ?
2ª - Se um médico formado numa escola razoável, com uma formação razoável errar um diagnóstico e matar um paciente, qual é o impacto disso tudo na sociedade?
Esse idiota deveria ser preso: escolas têm que ser boas, escola razoável é puteiro.

Como eu disse: se eu tivesse cabelos, eles estariam arrepiados 

Tem alguma coisa errada nisso

Quantum of Solace bate recordes de bilheteria nos USA.
Um filme meio sem pé nem cabeça; eu não consegui conectar os assuntos e confesso: saí do cinema sem entender direito o que tinha se passado na tela.
Tiro, porrada, mais tiro, mais porrada, perseguição de carro, perseguição de avião.
No True Lies pelo menos a gente sabia desde cedo que os caras "tavam de sacanagem, seu zero-um", no Quantum, os caras levam aquilo a sério. Saudades do McGyver..
A propósito alguém pode me dizer o que significa Quantum of Solace ?
Ainda bem que paguei só seis real.....

domingo, 16 de novembro de 2008

O estilo La Mole

Bacana  o La Mole: postei uma reclamação na página deles e o gerente do restaurante me ligou, se desculpou e me convidou para voltar garantindo que eu ia constatar que houve um deslize.
Voltei numa hora de muito movimento, repeti o pedido e realmente constatei que houve apenas um deslize momentâneo. Ação corretiva e atendimento aos requsitos do cliente..sem precisar de norma.
O La Mole tem uma fórmula consagrada: o dono, um cearense (é o que dizem), só contrata os conterrâneos e esses por sua vez, à medida que sobem, trazem outros e assim por diante. É interessante um negócio, inicialmente tocado de modo intuitivo, hoje se consagra como algo que deu certo, muito certo.
A pergunta que não cala: isso sempre dá certo? 
Acho que não, seguindo a expressão da moda, eu ouso dizer que é um Cisne Negro, que só deu certo dada a sua pouca complexidade inicial e a um ambiente favorável.
Alguns continuam pensando que qualquer negócio pode ser administrado assim: usando intuição, empregando e promovendo parentes, conterrâneos e amigos (mesmo que sejam, com raras exceções, quadrúpedes) e fazendo tudo sem o menor planejamento, só intuindo.
Não adianta querer bancar o diferente, alguns fundamentos só devem ser contrariados com muito estudo. Ou então, como disse Chico Buarque: "Vai dar merda !".